quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Ano Novo, Tudo Novo!

Chegamos a um novo ano... 2010 está aí e promete! Novo amor, novo semestre, quem sabe novo trabalho. O ano do tigre (horóscopo chinês)... Como sou tigre também, estou com tudo! (Risos) Estou feliz e esperando o fechamento das notas da UFRGS. O próximo semestre promete ser ainda mais infernal, afinal de contas vamos ter aulas com o Snape da FABICO (Tazima), famosa por ser tirana com os alunos, veremos então o nos reserva o próximo período letivo. No amor, tudo vai bem nesse início de ano, aliás, vou passar na casa e com a família dele. É isso... Adeus 2009! Leve contigo os namoros frustrados, os colegas malas e professoras "mal-comidas"! Que venha 2010... Paz, amor e felicidade a todos!

Lucas Rodrigues

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Natal Mágico

A melhor e mais bonita festividade do ano! Isso é o que eu acho sobre o Natal. Vou fazer essa postagem natalina, pois não postarei nada até o dia 25. Bom, muitas pessoas criticam essa data em função do comércio, ou por motivos de perdas e nostalgias. Independentemente das tristezas do mundo, essa é uma época de reflexão, é momento de pensarmos e agirmos positivamente. Se esse é o dia ou não em que Jesus Cristo nasceu, isso não importa... O que importa é sermos (pelo menos uma vez no ano - risos) pessoas de bem e praticarmos boas ações. Fico feliz em saber que estarei junto da minha família, com uma mesa linda e farta, muitos sorrisos, paz e união. Sei que sou afortunado por ter isso tudo a meu dispor, por isso oro para que todos compartilhem dessa minha felicidade. Minha única frustação é não passar a noite com o meu amor, entretanto me conforta ter recebido ele como meu maior presente esse ano; e me sinto bem em saber que passaremos a virada de juntinhos. Resumindo: Natal é vida... Natal aproxima pessoas... Natal destrói velhas rusgas... Natal é magia... Então deixe que essa data seja mágica, acredite num mundo melhor! Feliz Natal a todos!

Lucas Rodrigues

P.S.: Dê livros de Natal - Dica do Bibliotecário.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Devemos Amar Nossos Inimigos

Sabe-se que no decorrer de nossas vidas encontramos pessoas que serão capazes de nos amar e nos fazer felizes e melhores. Contudo, muitas vezes, nos deparamos com indivíduos que não combinam conosco, que nos antagonizam... Muitas vezes essas concorrências, inimizades e atritos ocorrem por besteiras, até mesmo por gostos diferentes. Isso acontece bastante na UFRGS: pessoas que antes eram amigas, tornam-se rivais e até inimigas de morte. Tenho meus desafetos, é verdade... Até porque estou longe de ser perfeito. Entretanto, lembro as palavras do saudoso Senhor Madruga: "As pessoas boas, devem amar seus inimigos" (1975) e por isso, após receber uma notícia (não sei se verídica) de que um colega, ao qual eu prefiro não comentar o nome, por ser desses que a gente não "fecha", que foi vítima de uma agressão bastante séria após reagir a um assalto. A gente fica preso a nosso mundinho e esquece a violência e as coisas ruins que nos cercam, esquecemos o que pode nos acontecer; muitas vezes levamos em conta desafetos bobos e não percebemos que uma pessoa pode ser atacada e sofrer danos com isso, pode morrer inclusive. É por isso, que nesse ritmo de final de ano e diante dos recentes acontecidos, deixo meus votos de boa recuperação a esse colega e que, independentemente, de ser somos opostos (e pertencermos a casas diferentes - Grifinória e Sonserina - risos) desejo-lhe saúde... Que possa voltar bem no próximo semestre, afinal não desejo que mal nenhum aconteça a ele. Resumindo, o que seria do moçinho sem o vilão (risos), brincadeirinha.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Preparando o Descanso

O semestre começou a se ajustar novamente. As provas estão passando e os primeiros "A"s estão aparecendo. Não esperaria algo diferente uma vez que sou Grifinória e não desisto nunca. Pensar que não aguento mais essa etapa e não vejo a hora de descansar de tudo isso. Quero sombra e água fresca... Mais um cafuné e tudo fica perfeito. Ainda não posso dizer nada, pois ainda faltam as aprovações em algumas disciplinas, mas logo isso será dará, se Deus quiser (e ele quer).

Lucas Rodrigues

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Final do Semestre

Essa semana promete! Final de semestre é sempre uma loucura e todos nós sabemos o quanto é desgastante. Provas para fazer, trabalhos para entregar, artigos para escrever, postagens em ambientes virtuais, professores com somas absurdas nas provas... Isso é UFRGS! Contudo, "amo muito tudo isso", pois quantos mais não queríam ter estar numa universidade federal. Não tenho do que reclamar. Até porque, semestre que vem será igual (ou pior de acordo com as previsões de colegas veteranos). Porém, amo o que faço, curto minha vida, namoro quem eu amo e sou feliz, não é o final maluco de semestre que vai acabar com a minha alegria. Aos professores sem noção, digo-lhes: "Até a minha formatura, meus caros!".

Lucas Rodrigues

sábado, 12 de dezembro de 2009

Susto em CDU

Levei um susto ontem após a prova de recuperação de Linguagem de Indexação II... A professora disse que eu tinha ido mal e tinha repetido a disciplina. Fiquei louco! Nunca repeti nada na vida. Depois de estar muito triste, mandei um e-mail pedindo outra oportunidade. Expliquei a ela que o semestre tem sido puxado; que o trabalho me exige muito; que a academia cansa e tudo mais... Graças a Deus ela vai permitir que eu tente novamente, conto com a torcida de vocês! Uma vez que conto com o apoio e carinho do meu amor!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Conhecendo a família

Ontem foi um dia muito especial... Conheci a família do meu amor, e adivinhem só... Adorei! Fui muito bem tratado e recebido com carinho, numa casa aconchegante e cheia de amor e extroversão. Claro que nesses momentos a gente sente um "friozinho" na barriga, mas depois que a gente se habitua tudo fica normal, leve. Estou feliz por dizer que encontrei a pessoa certa e que vou segurar com "unhas e dentes" essa oportunidade que Deus me deu. Agradeço aos céus pela noite do dia 9, sinceramente, agora só me falta o nosso principezinho para a alegria ser completa, não é mesmo? P.S.: Natália manda saudações e sente saudade de Leandro (risos).

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Pouso da Fênix

Aos meus amigos e a meus inimigos (muitos deles meus fãs - risos), venho publicar que estou namorando novamente... E como estou feliz por isso! Quase nem estou cabendo dentro de mim! Num dia, mesmo que com um clima modorrento, em que tudo foi especial. Na melhor época do ano, aos pés da maior árvore de Natal da minha cidade, no dia em que ela foi iluminada pela primeira vez, com a melhor pessoa do mundo. Mágico! Essa é a palavra para um encontro que me tirou o fôlego e revigorou as energias gastas nos relacionamentos anteriores. Inocência, pureza, cumplicidade... A foto é para quem entende a piada... (risos) Natália Guimarães e Leandro do KLB. Para essa pessoa: "Te adoro!". E nesse Natal vou ter que me preparar e comprar muito biscoito! Não é mesmo? Ha, ha, ha, ha!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Céu e Inferno

Inacreditável! Como foi que consegui sair do inferno e ir parar no céu? Como o mesmo nome é capaz de fazer isso comigo...? Ha, ha, ha, ha! Acho que os astros estão me ajudando e, por incrível que pareça, antes do ano terminar. Santa Claus vai ser bom para mim esse ano pelo jeito. Promessas de dias melhores à frente. Engraçado como a biblioteca, que antes parecia cinzenta e pedante, está colorida e cheia de vida. Não sei se são meus olhos ou a maneira de olhar, talvez seja loucura... Mas o que seria a vida sem tentar! "Sou brasileiro e não desisto nunca!" Graças a Deus (que é brasileiro) a sorte sorriu prá mim.

Lucas Rodrigues

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Esperando o Natal

Pois é, chegou dezembro! A melhor época do ano na minha opinião... Contudo, espero receber um bom presente antes mesmo do Natal. Espero que as coisas tomem um rumo certo nesse final de ano conturbado. Se eu pudesse pedir algo pediria para continuar na Série "A" do ordenamento na faculdade (de preferência continuar subindo); arranjar alguém legal; ganhar bastante presente e ter uma festa bonita no dia 24 à meia-noite. Veremos se o bom e velho Papai Noel será justo comigo esse ano... Veremos...

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Bater de Asas

Senhoras e senhores, desta vez a Fênix não foi abatida, porém sentiu-se usada, diga-se de passagem. Contudo, com um bater de asas, esta ave que vos fala, vai voar sobre montanhas mais seguras a fim de encontrar o verdadeiro amor... Dói, é verdade... Mas me sinto aliviado. Paz no coração, mesmo após o fim. Esperava escrever algo mais feliz, pois estamos entrando numa época que adoro, porém não me imagino falando de Natal hoje. Não estou reduzido a cinzas, quem dirá em lágrimas, como se pode pensar. As “borboletas no estômago” que me traduziam ansiedade, agora se foram... Um novo horizonte se abre nesse quase início de ano. Que seja eterno enquanto dure esse novo amor... que dure para sempre!
.
Lucas Rodrigues

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Anjos e Demônios

Como, em diversas vezes, venho recomendar algo a vocês. Neste caso é uma leitura: Anjos e Demônios (Angels and Demons) do Dan Brown. Adorei o livro! Já devia ter lido a um bom tempo, a considerar a data da compra, seis meses atrás. Muitos criticam as obras de Brown, mas sinceramente me atraem bastante; não somente por serem Best Sellers, mas por me manter literalmente "ligado" ao livro. Uma história envolvente, eletrizante aonde o conhecido professor de arte, Robert Langdon viaja ao Vaticano numa caçada insana para salavar a Igreja Católica do grupo "satanista": Illuminati. Essa é a recomendação de leitura do seu bibliotecário aqui. Leiam e sejam felizes!

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Esquerda em Queda

Pois é amigos, vivi para presenciar esse momento histórico em que a Esquerda "beijou a lona", nas eleições da UFRGS. Na eleição para o DCE (Diretório Central de Estudantes), feita esse mês, ficou provada uma tendência já prevista há algum tempo. A Chapa 3, vista como direita, composta por sua maioria da Administração, Engenharia e etc, ganhou a eleição por uma margem apertada; o que, para a minha alegria, fez a vontade de muitos tornar-se realidade: um DCE sem atuação ferrenha de partidos políticos de esquerda! Agora, acredito que teremos um DCE voltado para os alunos e interesses da universidade, primeiramente; não esquecendo da nossa participação na sociedade, é claro. Contudo, a única coisa que fica cada vez mais forte é bendita democracia... Adoraria ver a cara de algumas pessoas com esse resultado da eleição... Ha, ha, ha, ha! Simplesmente adoraria!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O que será de nós em 2012?

"O fim dos tempos está próximo!" Quem nunca ouviu esta frase? É isto o que um dos melhores filmes do ano propõe: o fim do tempos... Assisti ontem ao filme "2012" e achei fantástico! Tanto que não me contive e preciso recomendar. Muita ação (o filme te prende do início ao fim), altos efeitos especiais e todo um embasamento em previsões Maias e em grande parte do Apocalipse. Recomendo a todos que assistam, pois vale cada centavo. Ah! A cena (curta) do Rio de Janeiro sendo destrído é de arrepiar, assim somando-se a destruição da Cidade do Vaticano, Washington, Nova Délhi e entre outras... Confira o Trailer Oficial em: <http://www.youtube.com/watch?v=v4hP3xyaM-E> e tire suas conclusões. Vejamos se escreverei algo no dia 21/12/12...

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A Queda da Árvore

Neste final de semana algumas coisas ficaram claras para mim... Tudo na vida tem um início, meio e fim. Parece bastante óbvio, mas muitas vezes é difícil tomarmos conhecimento disso. Após a tempestade de vento e chuva forte, um dos três enormes eucaliptos plantatos por meu avô, despencou. Essas árvores, localizavam-se no ponto mais alto da minnha rua, um gigante legado deixado à minha família. Aquela árvore, um dia foi jovem, cresceu, ficou forte, porém teve um fim prematuro e de forma trágica. Onde quero chegar com isso...? Quero dizer que isso também acontece com as pessoas, não só pelo fato de falecerem, mas também por encerrarmos nossas relações em determinados momentos. Não foi somente a árvore que ruiu, mas sim grande parte da minha confiança numa pessoa. Exatemente como o Eucalipto, ruiu de forma precoce e triste em meio a tempestade. Contudo, nada me impede de plantar outra muda se for necessário... E esperar para que essa vingue por toda a eternidade.
.
Lucas Rodrigues

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Estágio Probatório do Coração

Fim do estágio probatório... E como fico feliz em dizer que tenho alguém para dizer "eu te amo" novamente. Novos toques, novas posturas, novos carinhos, uma nova voz... Uma nova pessoa amada. Muitas vezes nos perguntamos se encontramos a pessoa certa, 0 tempo muitas vezes nos prova que não e nos ensina lições... Como diria Dona Edith da Terça Insana: "Isso é ensinamento do mundo" (Risos); mas o que importa é o amadurecimento e a atitude que tomamos a partir de relacionamentos mal sucedidos. Portanto, que seja eterno enquanto dure esse amor, e que eu possa colher os bons frutos que essa relação pode me trazer, sejam esses frutos sentimentais, sexuais ou fraternais. Para fechar, Zana manda saudações kosovares a Magaiver! (Para quem conhece a piada!).

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bang, Bang, Biblioteconomia!

Pensei que já tinha visto de tudo na FABICO... Me enganei! Hoje pela manhã, por volta das 8 horas da manhã, estava esperando o início das aulas. Após conversar com uma colega ouvimos os disparos de arma de fogo no hall de entrada da faculdade. Cerca de 3 ou 4 disparos, muita correria e pessoas chocadas. Dois homens numa moto chegaram na portaria e um deles atacou o segurança. Ele nada sofreu, pois esquivou. Os bandidos fugiram (para variar). Depois disso o tumulto de policiais federais, ambulância, Imprensa foi intenso. Brinquei que HOGWUFRGS estava sendo atacada por dementadores, quando o diretor Ricardo (que é cara do Dumbledore) desceu junto com os demais professores para verificar o ocorrido, e fecharam as portas da frente da faculdade. Entre mortos e feridos, salvaram-se todos. Mas, sinceramente, jamais imaginei que presenciaria isso, especialmente dentro da UFRGS. Acredito que esses bandidos ainda possam voltar, uma vez que me pareceu uma tentativa frustrada de execução. Vamos torcer para que isso não se repita.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Biblioteconomia Alternativa

Relutei muito antes de abordar esse assunto, mas acho que está na hora. Felizmente, um colega se pronunciou, e muito bem diga-se de passagem, sobre a dita "Biblioteconomia Alternativa", a qual se muito se fala na UFRGS. Segue o texto de Fernando P.: "Sem truques baixos: as velhas de coque e dedo em riste estão ou para se aposentar ou com um pé na cova, chega de reclamar. O que elas fazem e o que aprendemos a fazer se chama Biblioteconomia. Mas é a mesma Biblioteconomia? É claro que é. Não há dúvidas de que se trata da mesma coisa. A diferença, então, entre a Biblioteconomia que aprendemos e a que queremos praticar — a que sonhamos que vamos praticar — é a atitude. A Biblioteconomia, agora, deve ser encarada como uma atitude, e não como uma profissão. Eu quero ser bibliotecário por um único motivo simples: informação, eu quero informação! (E de quebra eu quero oferecer informação a quem precisa dela). Eu quero encontrar tudo o que eu empilhei no meu quarto; eu quero descobrir o que é relevante dentro do Twitter; eu quero ser capaz de aproximar áreas completamente diferentes para obter algo novo, para poder perceber algo novo. Eu quero ter o conhecimento do mundo inteiro na minha frente caso, um dia, eu venha a saber como utilizá-lo. E eu quero fazer tudo isso sem que o usuário me peça que eu faça. Porém não tente pensar que esta é uma atitude revolucionária ou selvagem: isto é Biblioteconomia e você sabe disso tanto quanto eu. A ruptura, contudo, consiste em termos esta percepção e não nos tornarmos os bibliotecários de quem reclamamos. Talvez seja esta a parte revolucionária ou selvagem: você, tanto quanto eu, temos responsabilidade sobre o que viremos a ser. A Biblioteconomia é uma atitude porque ela me obriga a mudar. Ela me obriga a sentir necessidade de mudança. Ela me obriga a prestar atenção em tudo ao meu redor e pensar "Como eu posso utilizar isso pra fazer as coisas que preciso?". O bibliotecário tem atitude quando não deixa de ser bibliotecário ao término do seu horário de trabalho. O bibliotecário tem atitude quando reconhece que ele próprio tem necessidade por informação, e que esta necessidade é inerente ao seu fazer e à sua natureza. O bibliotecário tem atitude quando tem responsabilidade e método para lidar com a informação e não teme descartá-lo para criar uma metodologia nova para necessidades novas. Os inimigos do bibliotecário não são mais a desordem, as traças ou a falta de recursos – se é que já o foram. Os inimigos do bibliotecário são, na verdade, a arbitrariedade e a inércia – sejam suas, do seu local de trabalho ou da sua própria metodologia. O bibliotecário é bibliotecário quando percebe que, para ser um agente de modificação social, ele deve precisar de informação mais do que qualquer pessoa e deve ter proatividade para se tornar a mudança de que ele tanto precisa" (2009). Concordo em gênero, número e grau. Parabéns Fernando, faço minhas as suas palavras.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Melhor Amigo do Homem

Hoje era para ser aniversário do meu cachorro, Frederico Rodrigues Britto, o Kiko. Infelizmente, no dia 30 de janeiro desse ano, ele faleceu, atropelado, na frente da minha casa. Ele resistiu e demonstrou uma força que eu jamais teria. Emociono-me somente em lembrar... Mesmo com suas patas traseiras quebradas ele tentou levantar... Não choramingou, não gemeu. Ele resistiu uma hora (que me parecereu um dia), mas tive o desprazer em vê-lo falecer na minha frente, na mesa de operação da veterinária. Contudo, nesse dia em que ele faria onze anos, acordei com uma surpresa no meio da madrugada. Minha cadela, da mesma raça que o Kiko, deu a luz a seis lindos filhotes, do lado da minha cama. Óbvio que um deles será meu. Hoje não é somente um dia para relembrar um dos meus mais fiéis amigos, mas para celebrar o nascimento do meu mais novo “filho canino”... Excel Rodrigues de Oliveira da Silva, bem vindo ao mundo!

Lucas Rodrigues

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Dia de Finados

Ou contrário do que se espera do Dia de Finados, não houve tempo nublado e dia frio com vento, mas sim um calorão dos infernos. Contudo, após cozinhar dentro de casa e ficar "jiboiando", posso dizer que tive uma surpresa... Um dos meus mais queridos "inimigos" se desenterrou e veio me assombrar, fazendo jus a data... Como um zumbi saindo das catacumbas. Ele ainda não percebeu que a guerra foi vencida e que está morto e enterrado, pobre coitado. Se tiverem curiosidade, mandem um e-mail para mim que eu conto quem era ou olhem a foto, é uma boa pista... (Risos) Temos que rir disso tudo...

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Maldito Calorão

Mesmo estando ainda na Primavera, o calor infernal já se instalou em Porto Alegre. Aquele tempo abafado, ruim para andar fora de qualquer sombra. Imagino como será a temperatura no alto do Verão... Imagino como será a temperatura quando eu tiver meus netos... Maldito Calorão!Chega ser engraçado, pois às 13h30min há pouquíssimas pessoas na rua, não se vê quase nenhum pássaro, só o movimento dos carros, sem nenhum vento. Um clima mórbido, abafado e típico de cidades abandonadas do velho Oeste americano. Só uma coisa resta a dizer: "Saudades do inverno".

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Preguiça

Gente, que preguiça! Não aguento mais esse semestre... Não pela faculdade, pelo trabalho, pela academia, mas sim pelo conjunto deles. Como estou cansado, as minhas energias estão bastante esgotadas. Levanto cedo, vou para aula (sete cadeiras, provas, trabalhos, comunistas de butequim); almoço e vou correndo para o trabalho (sono, alguns usuários chatos, cafézinho ruim) e academia (não preciso dizer que isso mata o cara). O jeito é levar a vida assim... Descansando quando posso, namorando quando possível e imaginando as férias que se aproximam (e que bem vindas férias).

Lucas Rodrigues

terça-feira, 27 de outubro de 2009

O Intercâmbio

Muito se fala sobre às experiências que um intercâmbio pode nos trazer. De fato, é fantástico e vasto o universo de possibilidades que se abre, uma vez que vivenciamos diferentes culturas. Hoje pela manhã, uma das professoras que mais gosto no meu curso de Biblioteconomia, nos incentivou a viajar, estudar e conhecer outros povos. Óbvio que a minha cabeça foi longe, e então as gurias (Andressa, Aline e Marluce) e eu decidimos que faremos intercâmbio para a Europa juntos... Será demais! Tinha receio em fazer isso sozinho, mas com a presença das minhas colegas favoritas, será bem mais interessante. Pensar que isso me parecia tão distante, e agora é tão tangível. Aguardem por mais notícias sobre... A Europa que nos aguarde!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Seleção encerrada

Senhoras e senhores, é com prazer que lhes digo que o Vestibular Lucas está encerrado. Vale a pena lembrar que a minha grande diva, Zana Krasniqi ficou solteira... E na mesma época, eu também fiquei... Zana ficou um pouco mais de dois meses sozinha... E eu também... Zana está namorando novamente (com Lorik Cana, jogador bonitão de futebol, famoso no Kosovo – junto com ela na foto ao lado)... E eu também estou namorando novamente! Zana acertou na escolha, acredito que eu também tenha acertado. Sorte para todos nós! Finalmente com a vida no prumo, agradeço aos apoios de todos, e complementando a piada mais que conhecida: “Nunca gostei da Páscoa mesmo... (complemento) Sempre preferi o Natal” – Piada interna. (Risos).

Lucas Rodrigues

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Eleições do CABAM 2009

Como diria Rita Skeeter: "Meus ávidos leitores aguardam minhas opiniões". De fato não poderia ficar de fora dos acontecimentos da FABICO, especialmente os políticos. Essa semana, do dia 20 a 22 de outubro acontece a Eleição para a nova gestão do CABAM (Centro Acadêmico da Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia) de 2009. Muitos insistiram para que eu voltasse a concorrer este ano, mas sinceramente não vejo viabilidade nisso. Contudo, peço, não somente aos 40% que votaram na minha equipe, mas a todos os colegas que votem através do Portal do Aluno e expressem a sua opinião nas urnas (agora que as mesmas não possuem mais boca... Risos). Não seria legal se eu explicitasse meu voto, mas todo mundo sabe como votei (risos), não é mistério algum. Entretanto, tirando algumas pessoas sem tino e expressão desta chapa, aposto na competência e no comprometimento de: Nalin Ferreira, Camila Schoffen, "Pitty" Oliveira, Pedro Augusto e Anelise Oliveira. Uma coisa eu digo, se a chapa única que se candidatou realmente vencer, torço para que faça um excelente trabalho; e nada mais justo do que concluir dizendo que: "as pessoas tem os líderes que merecem ter"...

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Horário de Verão

Desculpe pessoal por ficar tanto tempo sem postar, mas sabem como é a semana de provas da UFRGS. Enfim... Venho hoje falar sobre o Horário de Verão. Sinceramente, gosto desse novo horário, pois temos mais tempo para fazer as coisas sob à luz do Sol. De fato, a adaptação não é muito boa: acordar uma hora mais cedo não é fácil. É por isso mesmo que as pessoas criticam tanto. Acho que não há motivo para tanta reclamação. E também, convenhamos, não é otimo quando o horário volta ao habitual e ganhamos mais uma hora de sono? Eu adoro! É isso, temos mais tempo para gastarmos conosco, por isso, não perca nem mais um segundo... Saia da Internet e vá curtir a Primevera lá fora!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Café na Boca do Povo

Fiquei surpreso em saber que o meu blog está entre os mais lidos da FABICO (Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação), uma vez que jamais imaginei que o mesmo tomasse essas proporções. Pessoas que eu nem imaginava que liam minhas postagens, vem me abordar e comentar sobre o que leram. Dizem que adoram e acompanham. É muito satisfatório! Até pessoas que não gostam de mim lêem, e melhor que isso “fazem propaganda”, imaginem só... (risos). Embora muitos não gostem do que posto, ou da forma que o faço, sempre dão um jeito de acabar me promovendo. Como disse um sábio colega meu da Biblioteconomia, que prefiro não comentar o nome: “são todos fãs do cara (eu)!" (Mais risos).

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Holding Out For A Hero

Where have all the good men gone
And where are all the gods?
Where's the street-wise Hercules
To fight the rising odds?
Isn't there a white knight upon a fiery steed?
Late at night toss and turn and dream of what I need

I need a hero
I'm holding out for a hero 'til the end of the night
He's gotta be strong
And he's gotta be fast
And he's gotta be fresh from the fight
I need a hero (hero)
I'm holding out for a hero 'til the morning light
He's gotta be sure
And it's gotta be soon
And he's gotta be larger than life
Larger than life

Somewhere after midnight
In my wildest fantasy
Somewhere just beyond my reach
There's someone reaching back for me
Racing on the thunder and rising with the heat
It's gonna take a superman to sweep me off my feet

Up where the mountains meet the heavens above
Out where the lightning splits the sea
I would swear that there's someone somewhere
Watching me

Through the wind and the chill and the rain
And the storm and the flood
I can feel his approach
Like the fire in my blood
Like the fire in my blood

I need a hero
I'm holding out for a hero 'til the morning light
He's gotta be sure
And it's gotta be soon
And he's gotta be larger than life

He's gotta be strong
And he's gotta be fast
And he's gotta be fresh from the fight.
I need a hero!

(Soundtrack do filme Shrek 2)

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Império do Meio

Neste dia 5 de outubro, comemoramos o 37° aniversário do Império do Meio, que traça a sua história desde 1972. Uma organização que marca a minha vida de forma determinante na formação do meu caráter e da minha personalidade. Para quem não sabe, Império do Meio é uma organização de adolescentes, em prol da saúde, da diversão e da amizade. Óbvio que não participo mais, uma vez que já ultrapassei a idade limite. Porém, vale a pena relembrar os bons momentos, os maravilhosos amigos que fiz e as situações mais inusitadas que passei; seja como um simples integrante ou como Rei (sendo gestor durante sete anos). Encerro com a famosa frase dita por meu tio Ivan naquela tarde tempestuosa de 5 de outubro de 1972, que resume bem essa instituição: “Um pequeno império de grandes pessoas”. Beijos e sorte aos jovens que seguem os nossos trabalhos... Estou ficando velho (¬¬).

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Percebendo a vida

A vida passa muito rápido, e muitas vezes não nos damos conta disso. Ficamos estressados e perdidos no meio desse turbilhão de informações e tarefas. Eu não fujo a essa regra, pode-se ver pelo meu último post sobre o estresse com a prova de CDU (na qual acredito que não fui muito bem). Tento fugir disso! Vou para a universidade para dar risada sim, para me divertir sim e procuro não me preocupar tanto com coisas acadêmicas (embora eu seja um aluno esforçado). Há sempre aqueles colegas que são mais desesperados com essas avaliações e tudo mais, e dizem: “Venho para a UFRGS para estudar!”. Pergunto-me até que ponto isso é válido. Pois se pararmos, olharmos ao redor, veremos que a vida está passando e o que vou levar de experiência da minha faculdade? Da informação que adquirimos, pouco vira conhecimento definitivamente; por isso prefiro levar os bons momentos, as boas risadas e os selecionados amigos que fazem meus dias mais felizes nos corredores do Castelo da FABICO.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

CDU

Depois de passar por um sufoco em CDD (Classificação Decimal de Dewey), voltamos ao aperto com a CDU (Classificação Decimal Universal). Parece que temos que ser autodidatas para entender esse código... (¬¬) Tem gente que diz que a CDU é mais fácil, que o raciocínio vem pronto e blá, blá, blá. Fácil nada! Posso dizer que estou sentindo falta da CDD... Era feliz e não sabia. Repenso a frase dita em julho por uma colega: “Paul Otlet e Henri La Fontaine... Por que complicar a minha vida?”.

Lucas Rodrigues

sábado, 26 de setembro de 2009

Café, Bibliotecários e Segredo

Neste dia 25 de setembro fui conhecer um lugar chamado "Café Segredo" <www.cafesegredo.com.br>. Fiquei extasiado! Adorei o lugar e recomendo a todos. Uma casa muito legal, com gente bonita, música eletrônica (House/Lounge), que somados aos meus acompanhantes: Aline Debastiani (mentora da festa), Gustavo Debastiani (Mister Jornalismo 2010) e Marluce Viegas (heroína sortuda da noite) - Andressa não veio -, abrilhantaram a noite. Fomos até as cinco da manhã e não nos arrependemos... Cada centavo que foi gasto valeu a pena, inclusive os quinze reais da Caipiroska de Morango (risos). Fica a promessa de um retorno breve a essa casa. Este é o Café com Bibliotecário, recomendando o Café Segredo; como diria a nossa grande guru, colega e amiga Sabrina Borille: "O sofá era Lounge, o DJ tocava Lounge, bebi vinho no Lounge, a sala é Lounge, tudo é Lounge! Traz a Champagne Rosé, que eu me jogo no puff!".

Lucas Rodrigues

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Chegada da Primavera

É Primavera senhoras e senhores! As árvores florescem, as pessoas ficam mais bonitas e desenvoltas, o pólem está no ar (e as alergias aparecendo em todos os lugares)... Pena, o Inverno se foi, porém toda meia-estação tem seu valor, e seu charme. O ruim de estarmos na Primavera, é saber que logo chega o Verão e a calor infernal voltará a "fritar" Porto Alegre (¬¬). Logo, estaremos cobertos de flores, e a FABICO estará com um excesso de cores (aliás, a faculdade já não era demasiado "colorida"?). No mais, vejamos que surpresas essa nova estação nos reserva.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Orgulho de ser gaúcho

Ser gaúcho é muito mais que ter orgulho de nascer nesta terra; ser gaúcho é ter coragem, é ter raça, é ter fé e força. Somos um povo que vive a história intensamente. Somos tradição e disciplina, misturados as mais belas mulheres e belos homens do país. Esse é meu estado, Rio Grande do Sul... Amarelo, vermelho e verde... A força do brasão armado, uma força Farroupilha que descende de anos da linhagem crioula. Amo muito minha bandeira, meu lugar, esse “onde tudo que se planta cresce, e o que mais floresce é o amor!”.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Vamos falar de sexo

Todo mundo sabe que eu não tenho pudor algum ao falar sobre sexo. Claro que existem certas restrições de ambiente e de linguajar, mas estando entre amigos e em lugares descontraídos, torno-me um legítimo sexólogo. Aliás, acredito que todos temos um pouco de sexólogo, só não expomos isso por vergonha ou algo parecido. Sexo é vida pessoal! Sendo feito de modo seguro e com uma pessoa que gostamos, tudo é válido. Por isso, amigos queridos e visitantes... Sejam felizes, façam sexo!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Cavaleiros do Zodíaco

Quem tem mais ou menos vinte anos, e acompanhava a extinta TV Manchete quando criança, conheceu os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya). Um desenho com mais de vinte e cinco anos, que marcou época e se tornou um dos maiores feitos dos animes (desenhos animados japoneses); sucesso esse tão grande que após anos sem continuações, o autor Masami Kurumada, decidiu retomar o trabalho recentemente. O anime que mostra e valoriza cenas de amizade, perseverança, obstinação e coragem, porém o mesmo foi criticado por conter fortes cenas de agressão e mutilação (comuns em histórias japonesas). Uma mistura de mitologia grega, bom traço e lições de vida. Posso dizer que esses desenhos antigos passam muito mais mensagens construtivas do que esses da atualidade; acredito que Bob Esponja (¬¬), por exemplo, não chega nem aos pés dos Cavaleiros Zodíaco. É ótimo ter nascido nesta época e poder ter vivido e desfrutado dessa qualidade em desenhos animados.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Doritos Sweet Chili

Não costumo falar sobre comida aqui no blog, mas me vi na obrigação de comentar o novo Doritos Sweet Chili. Sou suspeito para falar, pois adoro Doritos tradicional, por mim comia uma “bacia” cheia deles, porém é sempre bom descobrir novos sabores. Eu não gosto de nada apimentado, no entanto esse novo salgadinho é fantástico! A embalagem é legal e o sabor é inconfundível... Recomendo a todos experimentarem...

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Churrasco, o divisor das águas

No final do Armaggedon da Biblioteconomia só restaram mesas, garrafas, elevador e copos quebrados... Nada de ossos fraturados, nem sangue nas paredes. A paz prevaleceu, mas no final da festa, o pudor se ausentou... (risos) Tirando isso, os novos colegas e alguns novos amigos fizeram o churrasco ser ótimo. Créditos da organização à Andressa, Lara, Sabrina, Camila, Nalin, Fabrício, Bruno e Sílvia; Créditos pela companhia à Leonela (Miss Kosovo), Ana Paula (Miss Eslovênia), Michael (apelidado Sílvio – partner de dança) e entre outros... Cheguei cansado em casa, mas com a certeza que agora o “falatório” irá se instaurar. Fofocas à parte, aguardo minha foto na capa ou na contracapa do Fabicano em breve. Que venha o Churrasco da Grifinória, ou Churrasco do Petit Committe, ou Churrasco do Clubinho...

Lucas Rodrigues

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Não ouço, não falo, não vejo

Bibliotecários... Tão complexos e diversos quanto os livros que catalogam. Tão ou mais complexos são os estudantes desta profissão tão antiga... Ao longo desses quatro semestres que já cursei, muito já ouvi, muito falei, muito vi... Hoje, posso dizer que nem me exalto tanto como antes. Porém, há sempre aqueles que se destacam e erguem a voz e fazem respeitar sua opinião, assim fiz tempos atrás. É louvável isso! Porém, perigoso... Vejamos à que circunstâncias o “Armageddon” biblioteconômico será levado. Só posso dizer que Calímaco de Cirene deve estar se revirando no caixão (risos).

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Gona Dragusha

A beleza das mulheres do Kosovo está cada vez mais em alta. Após a grande participação de Zana Krasniqi (minha irmã – musa inspiradora) no Concurso de Miss Universo 2008, onde ficou em sexto lugar, tivemos uma agradável surpresa esse ano. Marigona Dragusha, apelidada de Gona (foto) foi eleita a Miss Kosovo 2009 e fez bonito no concurso de 2009. A beleza exótica permanece e impressiona. Como grande fã dessas mulheres, torci desde o início por ela. Confesso que imaginei que Gona iria imitar o estilo de Zana, mas ela fez bem em utilizar um estilo próprio. Linda, desenvolta e de bom-gosto (escolheu um vestido ótimo), Gona chegou a um maravilhoso terceiro lugar, como já falei no blog, superando assim a participação de Zana. Mais do que nunca posso afirmar, conheci mais uma das minhas musas, dignas de admiração, seu nome é Marigona Dragusha.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Ecossistema Biblioteconomia

Estudar Biblioteconomia é algo, no mínimo, engraçado. Há aqueles que detestam, criticam e nada fazem (mesmo tendo o poder para fazer); há aqueles que também criticam, mas geralmente estão de mãos atadas; há aqueles que estão perdidos no meio desses dois grupos e muitas vezes nem tomam consciência que a faculdade está prestes a cair na sua cabeça em função dos confrontos... No fundo, tudo isso é um grande “ecossistema” acadêmico, onde os estudantes tomam, não tomam, ou retomam partido em determinadas situações. Os colegas novos escolhem seus caminhos, geralmente no primeiro semestre, e desenvolvem seu papel ao longo dos seus quatro anos, ou mais. Não há vilões, ou mocinhos... Muito menos bruxas ou donzelas... Nós todos somos protagonistas de uma grande novela que é a Biblioteconomia na UFRGS. Eu, por exemplo, vezes sou mocinho, vezes sou vilão, depende do ponto de vista. O fato é que sempre vão existir aqueles que se unem a nós, ou contra nós. A vida é assim, pois graças a Deus temos diferenças e que bom que elas existem: o que seria da Grifinória, se não fosse a Sonserina. Pensem nisso!

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Arte de engolir sapos

Quem nunca teve que fazer isso? Seu chefe está estressado e descarrega tudo em você, que por sua vez tem que agüentar firme; ou talvez ter que ouvir aquela sua colega te falar absurdos e para não perder a amizade, ter que se calar... Fazemos isso mais do que imaginamos... Levamos muito desaforos para casa, a fim de não criar conflitos. Acho muito importante a boa administração desse tipo de coisa. Conflitos são interessantes, pois resolvem muitos problemas, mas também podem causar fissuras irreversíveis nas relações sociais. Tenhamos calma no lido com essas pessoas fracas de espírito, ou sem nada para destacar em suas medíocres vidas. Engula “sapos” se for necessário... Mas saiba que a sobremesa que segue, é mais doce que você possa imaginar. Saiba que aqueles que nos fazem isso, em breve terão que engolir mais que animais... Terão que engolir espadas...

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Reabertura da biblioteca

Depois de um mês com as “portas fechadas”, volto às atividades normais na minha “biblioteca”. Coração sarando, vida posta no prumo. Logo, os eventos, as festas, os convites, as pessoas, são todos bem vindos uma vez que agora estou disponível novamente, firme e forte para o combate. Para aqueles que estavam ansiosos por esse momento, digo que não se afobem, pois “a vida precisa de um equilíbrio, e a mente vai junto com o coração... Mas principalmente, a pessoa precisa ser verdadeira, e passar a sua mensagem para mundo” (GUIMARÃES, 2007)*... (risos). Então é isso! O Vestibular Lucas de Inverno começou, inscrições abertas por tempo indefinido, e nada como a Primavera, de Vivaldi (música atual do blog) para ilustar isso. Todo mundo tem chance, basta ser confiante, ter maturidade e bom-humor. Que comecem os jogos!

Lucas Rodrigues

*GUIMARÃES, Natália. Misses e Misters: como superar a derrota. Cidade do México : Miss Universe Press, c2007. 458 p. : il. color.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Miss Universe 2009

Que noite memorável essa do dia 23 de agosto. Presenciamos um evento histórico em que, pela primeira vez na competição, que um país leva o título de Miss Universo por dois anos consecutivos. Stefanía Fernández, Miss Venezuela recebeu a coroa da queridíssma Dayana Mendonza, também venezuelana. Com um Top 15 de alto nível, o concurso teve inúmeras e agradáveis surpresas: a Miss Kosovo, Marigona Dragusha que chegou ao maravilhoso terceiro lugar, tenho certeza que minha querida Zana Krasniqi deve ter adorado; a Miss Suécia (uma favorita minha desde o início) passou para Top 15; revelações num Top repleto de européias e muitas mais. Trajes típicos maravilhosos, como o a Miss China, que misturou o moderno com o antigo, ou a da Miss Peru, que era praticamente um monstro épico. A Miss Brasil, Larissa Costa, infelizmente (ou felizmente) quase nem apareceu. O evento, realizado nas Bahamas, deixou um pouco na desejar na questão de espaço físico para o evento, pouca criatividade na passarela, má posição de câmeras e Riyo Mori, Miss Universo 2007 (odeio ela) fazendo sua pergunta, via Skipe (que absurdo!). Contudo, foi possível se divertir e acompanhar tensos (os amigos e eu) esse grande concurso. E por ver Miss Kosovo, ao lado da Miss Venezuela na final, não tem preço... Melhor ainda é saber que a Espanha nem para as 15 passou... (Risos) Como sou mal!

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Pérolas eletrônicas

Depois de mais de anos, decidi entrar num chat só para ver se ainda possuía as minhas habilidades de comunicação social. Não me surpreendi em entrar muito “lixo” (pessoas fúteis e absurdamente pornográficas). Porém, o que foge do normal é encontrar pessoas legais, que fazem valer a pena, e que dão sentido à arte de conversar. Pode-se dizer que são “pérolas no lixo”... Não é impossível encontrar essas pérolas, basta procurar e não se render às massas de pessoas ensandecidas por sexo. Posso dizer que achei com quem conversar e melhor ainda, redescobri as conversas agradabilíssimas no MSN, daquelas que duram por horas. É bom saber que há gente no mundo interessada em muito mais que sexo, drogas e Rock ‘n Roll.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Volta às aulas

Novamente, e finalmente, voltei às aulas! Esperava com muita excitação esse retorno à UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), ou HOGWUFRGS como os colegas e eu costumamos brincar. De fato, não é somente a lida com as matérias e assimilação de conteúdos que chamam nossa atenção nesse começo de semestre, mas sim a questão social. Conhecer novos colegas ou paqueras, fortalecer vínculos, frequentar as festas e se fazer presente onde se é solicitada a presença. Gosto disso, e nem sabem como me sinto bem voltando à FABICO (Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação) e integrando a Grifinória novamente. As idas e vindas do RU (Restaurante Universitário), enchem nossos olhos e nossos estômagos e nos deleitamos com as beldades e bizarrices encontradas por lá. É óbvio que nem tudo é alegria... Ver as mesmas pessoas que não gostam de ti, não é muito agradável, mas confesso que sinto falta de todos eles, inclusive dos “comunistas de botequim”... (risos) É nesse clima de alegria, que retomo minhas atividades como estudante de Biblioteconomia, ex-Mister e apresentador de programa na UFRGS, a fim de colher os ”frutos” (com mais de 20 anos... risos) desta terra fértil próxima à Ramiro Barcelos, esquina com a Ipiranga.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Valor das coisas

Bem dizem que as pessoas só dão valor as coisas e as pessoas, quando as perdem... Realmente isso é bem verdade. Contudo, o oposto também funciona: “Também deixamos de dar valor quando perdemos algumas coisas”. Em que me baseio para dizer isso? Na experiência própria e dos indivíduos que me cercam. Várias vezes, praticamente “pagamos” para nos livrarmos de algo que nos incomoda, e que anteriormente nos dava prazer, nos confortava. Muitas vezes algo que nos preenchia, nos é arrancado, nos faz falta, mas depois de um tempo pensamos: "estou tão melhor assim" e você acaba sentindo-se feliz e percebendo coisas que não percebia antes. Isso permanece até nós nos apegarmos em algo ou em alguém novamente, e o ciclo de valores recomeça. O mundo ficou louco? É o stress? É o eterno inconformismo humano que faz com que isso aconteça? Não sei... Deixo isso como objeto de estudo para os especialistas. Que os colegas da Psicologia, Sociologia e Antropologia resolvam esse enigma.

Lucas Rodrigues

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Academia social

É engraçado como qualquer lugar pode se tornar um ambiente de sociabilização. O ônibus, a sala de espera de consultório médico, a padaria, um banheiro... Dizem que até as catástrofes expõem as pessoas á níveis de contatos extremos. A academia não é diferente, e de muitos lugares que citei, esse talvez não seja tão inusitado. Contudo, é lugar único, onde pessoas têm um objetivo em comum: ficar bonitas; e em função disso tornam-se amigas. No meu retorno a academia essa semana foi assim, revi velhos amigos e instrutores. Um local repleto de gente legal e esforçada, que são um “colírio para os olhos”! Adoro esse lugar!

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Gripe A

Senhoras e senhores... Pode ser ignorância minha, mas acho todo esse “circo” em torno da Gripe A (H1N1) uma grande “palhaçada”. De fato, é um vírus que nos é pertinente atenção, uma vez que essa gripe mata pessoas, porém não é para tanto alarde. É gente de máscara andando por todos os lugares e com medo de tocar nos outros, um exagero. No ônibus então, as velhas loucas (sempre elas) com a mania de “abrir uma frestinha”... Vão lá e escancaram todas as janelas à noite, dizendo sempre o mesmo: “Todo mundo respirando esse ar viciado”. Prefiro não comentar. Acho importante ventilarmos o ambiente, mas nunca partir para extremos, e se não estamos gripados, acabamos ficando em função disso. Não há motivo para pânico, adiarem aulas ou qualquer coisa do gênero; bastam cuidados básicos com a higiene, bom-senso e injeções de informação.

Lucas Rodrigues

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Reabilitação

Não sou nenhuma Amy Winehouse, mas estou na reabilitação e me saindo bem. Tirando o fato de protelarem minhas aulas na UFRGS (o que me frustra muito) em função da maldita Gripe A (H1N1), tudo segue nos conformes. Voltei à academia e as minhas aulas de dança, o que me ocupa e me faz espairecer. Passei por maus bocados, caros leitores, mas tudo passa... Logo a biblioteca abre novamente e os “usuários” ficaram satisfeitos com meu retorno, se é que me entendem... (risos). Agradecimentos especiais à: Andressa, Platão, Rafael, Luiz Felipe, Fábio e Léo, sem eles eu estaria triste ainda.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Biblioteca fechada

Neste sábado passado, dia 25, chega ao fim meu namoro. É triste que seja assim. Todo relacionamento tem seus prós e contras, mas confesso que me esforcei ao máximo e dei meu melhor, porém isso não foi o bastante e me sinto um lixo. Tudo que errei em namoros anteriores tentei reparar, mas parece que foi pior. Não basta termos força de vontade nessas horas quando ouvimos: “então eu nunca te amei”, isso por telefone. É horrível sentir-se assim, como se estivesse destroçado após uma guerra... Antes fosse uma guerra, pois eu me daria melhor. Tiro tudo de mim e jogo fora, assim como fala o refrão da música do Linkin Park, que toca atualmente no blog. Quanto tempo perdido, anéis de prata postos de lado, carinhos em vão e palavras ditas ao vento, talvez às paredes. Todos sabem que sou bastante forte, porém sou muito frágil nesse momento de quebra. É agora que conclamo aos meus amigos, estes que estão comigo sempre, haja o que houver... Eles que me dão apoio e fazem de mim uma pessoa melhor. O que me deixa mais triste é saber que alguém entrará pela primeira vez nesse blog, por vontade própria e não por obrigação. Minha recuperação sempre é rápida, e essas cinzas que me encontro agora, voaram para longe ao bater de asas desta Fênix que vos fala. Sentimentalismos à parte, obrigado mais uma vez ao apoio e por ouvirem meu desabafo.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Elogios, defeitos e narcisismos

Tem gente que reclama muito pelo fato de me acharem arrogante, tem quem reclame por me acharem autoritário, ou manipulador e por aí vai. Há quem me ache pacífico, até demais, complacente e até bondoso... Sabe, não sei bem o que eu sou, mas sou feliz, de fato, comigo mesmo. Pessoas vêm, pessoas vão e eu permaneço aqui. É importante a pessoa se amar, ou do contrário nunca amará ninguém. É, me amo... Com todos os elogios e defeitos (e narcisismos possíveis), talvez por não dar atenção ao que às pessoas reclamam ou aclamam em mim.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Andressa

Menina, mulher, com graça, com raça
Dona de um jeito todo dela,
Que garota, maszah!

Vegetariana ela é,
Amiga também poder ser,
No fundo é uma miss desertora,
Sem medo de vencer!

All Star no pé,
saia rodada a girar,
opinião na ponta da língua,
Essa guria faz o mundo mudar...

Andressa é o nome dela,
Força e beleza, mas nada de Cinderela,
Pois no fundo,
Ela é a rainha da minha cidadela.

Lucas Rodrigues
(23/7/2009)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Amizade lunática

Amigos, amigos... Os verdadeiros, é claro, estão sempre conosco nos momentos bons e ruins, mas essa frase é muito clichê! Amigo é aquele que te dá atenção quando tu necessitas, que só de olhar para você já sabe que não estás bem. Amigo é aquele que empresta dinheiro para a "balada" e não fica estorvando quando vai ficar com alguém. Amigo é aquele que ri de ti e junto contigo, mas que acima de tudo está lá para te fazer feliz. Amigo é aquele que "puxa a orelha” quando fazemos besteira e sempre nos aconselha a fazer o melhor. Esse é tipo de amigo que sempre tento ser e que sempre procuro ter (e sou bem sucedido). Mesmo com toda essa polêmica do Homem ter ou não pisado na Lua (1969), sinto que com o apoio dos meus amigos posso ir e voltar à Lua quantas vezes quiser. Beijos a todos.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Harry Potter 6

Fui assistir no cinema: Harry Potter e o Enigma do Príncipe (Harry Potter and the Half-Blood Prince) e gostei bastante. Claro que não é a mesma coisa que ler o livro, mas muitas pessoas não entendem que não se pode colocar tudo que tem na obra, no filme. É péssimo ter que ouvir, depois de horas de exibição, as pessoas reclamando que estava ruim, fraco ou chato. Poderiam ter explorado mais as cenas dramáticas, que achei rápidas. Gostei do acréscimo de cenas, as quais não possuem no livro, isso quebra um pouco a rigidez e faz com o filme seja algo novo e não só uma réplica da literatura. No mais, foi possível se divertir e curtir com os amigos. Recomendo HP6 e aguardo ansioso o último filme da série.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Bibliatecários

Recebi de uma colega (Valquíria) esse texto por e-mail, e gostei bastante: <http://www.ndc.uff.br/portaldereferencia/noticias.asp?cod=297> Tradução para português por Maria das Mercês Apóstolo Revisão por Marcelo Silveira. Este texto é anônimo e foi lançado na Rede em espanhol por Ana María Martínez Tamayo La Plata, 1 de marzo de 2001. É um texto um pouco longo, mas vale a pena refletir sobre essa que é uma das profissões que mais crescem no país e no mundo.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Insegurança

Estar seguro é algo muito confortável. Seja financeira, fraternal ou amorosamente falando, segurança e confiança são o que todos procuram. A falta dela faz com que nos tornemos voláteis, desconfiados, com mania de perseguição. Procuramos segurança quando nos jogamos no infinito dos jogos da vida, não sabemos o que, ou que pessoas vamos encontrar, mas sabemos que nossa sorte foi lançada. Quando finalmente achamos que estamos seguros, em solo firme... Podemos nos surpreender e afundar. Prefiro não me surpreender, mas não quero permanecer seguro em minha insegurança.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Lord Gaga

Já estava na hora de eu falar dela: Lady Gaga. Essa cantora que tem feito a frente em todas as baladas e tem tido seus hits no topo das paradas internacionais. “Fashionista” de primeira, formada em arte pela Universidade de New York, Gaga faz o estilo “a moda choca” com suas roupas exuberantes e exóticas. Seu ritmo é baseado na música Disco dos anos 80, assim como o seu pseudônimo, inspirado no ABBA (famoso grupo sueco), faz uma mistura com a música eletrônica atual e fica viciante. Lady Gaga se popularizou ainda mais quando cantou a música “Just Dance” (música do blog) no concurso de Miss Universo 2008, na competição de traje de banho. Sinceramente não vi futuro nela. Achei ridícula, uma Elke Maravilha internacional. No final acabei adorando o som, as perucas loiras e seu jeito estranho de dançar nos palcos e nos clipes; gostei tanto que meus amigos assimilam as músicas dela a mim sempre que tocam: especialmente a “Just Dance”. Espero que ela não seja só uma febre, ou uma artista de “um disco só”, pois espero ficar ouvindo sua batida por muito mais tempo.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 8 de julho de 2009

CDD

Faço minhas as palavras de uma colega: “Dewey, por que atrapalhar minha vida”. Já não bastassem todas as coisas com que tenho que me preocupar, tenho que ficar tenso em função da prova de disciplina de Indexação A (Código Decimal de Dewey). Torçam por mim, ou do contrário meu próximo semestre fica conturbado. Espero acertar um bom número de questões e não acabar caindo no ordenamento, e permanece no TOP 10.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Momentos bélicos

Como eu sempre digo: “Se não tens competência para entrar numa ‘guerra’, não o faça, ou passarás por um vexame ainda maior”. Atritos pessoais, chamados por mim aqui de “guerra”, são naturais e acontecem sempre. De fato, há pessoas que tem dom para arranjar confrontos, o que não é ruim, por incrível que pareça, pois esses embates resolvem os problemas. Todavia, existem aqueles que armam um “circo”, pura e simplesmente para vê-lo pegar fogo. Infelizmente, ou felizmente, esse tipo de pessoa amarga acaba sozinha, pois enfia os pés pelas mãos em função de querer desafiar as pessoas erradas, nos momentos errados. A esse tipo de pessoa desastrada e mal-amada, não deixo meu ódio, meu rancor... Deixo minha pena, ou quem sabe a conta paga em um psiquiatra qualquer.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Dança

Existe expressão artística corporal mais bonita que a dança? Talvez somente o canto, mas o mesmo muitas vezes não é nada, sem o balanço harmônico do corpo. Adoro dançar! Quando deixamos que o ritmo nos envolva, faz com que, por instantes deixemos de ser nós mesmos; eleva o espírito. Alguns dançam por que gostam, outros por dinheiro, outros por exibicionismo, mas no final tudo é arte... Do mais estranho balanço das tribos norte-africanas até os movimentos robóticos do break (Hip Hop), no final, tudo é ritmo. Gostaria de concluir com as palavras do grande Rei do Pop, falecido a pouco, que respondeu quando perguntado sobre o que pensava no momento em que dançava: “Não penso, é um erro pensar enquanto se está dançando... Dança é sentimento” (Michael Jackson).

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Misters e Misses

Para aqueles que já venceram algum concurso de beleza, mesmo que seja “o mais belo da Empresa de Esterco”, é para eles que este post é endereçado. Como Mister também, posso falar com propriedade desta excelente função que é a representação social, através dos concursos. Muitos consideram futilidade, outros acham um absurdo que aja esse tipo de seleção: sejamos francos... Ou são um bando de gente feia e que não se ama, ou pessoas que adoram contrariar pura e simplesmente. Eu gosto muito desse tipo de evento, por sinal aguardo com ansiedade o concurso de Miss Universo 2009 (assim como todos Miss Brasil, Miss RS, Mister Brasil e por aí vai). Digo àqueles que não gostam, que aprendam a respeitar e saber que futilidade ou burrice, nada têm a ver com títulos de beleza, isso depende da pessoa e do seu caráter; posso dizer sobre todos que conheci até hoje, que todos são muito bem servidos dessas boas qualidades. Sobre os meus ídolos nesse quesito são bastante óbvios: Zana Krasniqi – minha mana, Miss Kosovo 2008; Lucas Gil – Mister Universo 2007 e Natália Guimarães – verdadeira Miss Universo 2007 (figura), por isso digo: “a beleza do mundo não somente está na aparência, está em nossos atos”. Beijos a todos Misters e Misses”.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Tempo

Inexoravelmente o tempo passa... Num dia estamos engatinhando pela casa e cobertos de brinquedos, no outro estamos correndo de bicicleta e cobertos de sujeira. Inexoravelmente o tempo passa... Num dia estamos caminhando rumo á escola e cobertos de tarefas de casa, no outro estamos rumando para a universidade e cobertos de projetos. Inexoravelmente o tempo passa... Num dia estamos resolvendo problemas no trabalho cobertos de papel, no outro estamos em reuniões e cobertos de responsabilidades. Inexoravelmente o tempo passa... Num dia estamos casando e cobertos de arroz, no outro estamos cobertos por filhos. Inexoravelmente o tempo passa... Num dia estamos envelhecendo, no outro estamos cobertos de rugas. Inexoravelmente o tempo passa. Num dia estamos vivos, no outro estamos coberto por terra. Inexoravelmente a vida passa.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Águas passadas

Estive pensando hoje, em como a relação com ex-namorados(as) podem ser diversa. Alguns reagem bem, se reinventando e assumindo novos compromissos, ou seja, te têm como amigo e assim permanecem serenos. Outros acabam definhando e perdendo o rumo transformando-se em indivíduos superficiais e, por que não, pervertidos. Há aqueles que aparentam se transformar... Compram novas roupas, mudam o cabelo, se pudessem mudavam de cor. Isso acontece em função de quererem se readaptar, se reestruturar, porém, isso muitas vezes não é possível. Esse tipo de pessoa acaba se estragando e perdendo tudo aquilo que anteriormente tinha de bom; por conseqüência de não amar a si próprio, não ama mais ninguém e está fadado à solidão. Por isso digo aos amigos que tenho passando por momentos assim: “bola para frente!”, esqueçam o passado e partam para outro relacionamento; nada como um grande amor para esquecer outro. Às pessoas que já namorei, peço: “não percam o que tinham de bom, pois do contrário ninguém mais verá a beleza que vi em vocês”.

Lucas Rodrigues

terça-feira, 23 de junho de 2009

Biblioteca escolar

Quantos bibliotecários, ou até mesmo os estudantes, já não pensaram sobre as bibliotecas escolares e afirmaram: “Longe de mim esse tipo de lugar!”. Eu pensava assim, afinal de contas sou muito mais chegado à gestão. Odiava me imaginar em uma biblioteca direcionada ao público infantil e ter que gerenciar o acervo e coordenar uns “diabinhos” no meio das estantes... Um inferno! Porém, essa imagem mudou. Aprendi que os leitores ou usuários infantis são os que mais correspondem ao nosso trabalho de bibliotecário. Descobri que podemos estimular o prazer em ler, ou invés do hábito, tornando o papel do profissional da informação num alicerce para a criação e sustentação de novos leitores. Repenso e respeito a biblioteca escolar agora e tenho sempre em mente uma coisa: que faz a biblioteca é o bibliotecário.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Seleção das frutas

Escolher as melhores e mais vistosas frutas e legumes para a alimentação é extremamente normal. Incomum seria ver alguém procurando uma maçã podre no mercado. De fato, aplicamos o mesmo às nossas relações interpessoais, visando a melhor escolha e uma adaptação cada vez maior no seu círculo social. Não fujo a essa regra. Procuro selecionar a dedo as minhas amizades, e graças a Deus, nunca tive grandes surpresas com relação a isso. Meus amigos(as) são ótimos! São lindos, inteligentes, companheiros, saudáveis e acima de tudo confiam no meu potencial, assim como confio no deles. Nunca pensei que pudesse falar com tanta propriedade que: “amigo é coisa para se guardar, do lado esquerdo do peito, debaixo sete chaves, dentro do coração”.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Biblioteconomia Inteligente

Discute-se muito a questão dos tipos de Biblioteconomia que acabamos exercendo no mercado do trabalho. Evidentemente, carregamos muito daquilo que aprendemos em sala de aula. Muitos resistem a chamada Biblioteconomia Tradicional, voltada ao acervo e todo a aquele paradigma da Idade Média, custodial, onde o livro é tido como um “tesouro” e nós bibliotecários somos os guardiões dessa riqueza. Todos sabemos que hoje os tempos são outros, mas muito desse paradigma custodial ainda vive. Nos apossamos das unidades de informação chamando de “nossas bibliotecas”, isso é comum. Porém, há pessoas que começam a pensar além do paradigma pós-custodial, voltado ao usuário. Uma dessas vertentes é a Biblioteconomia Inteligente. Pouquíssima explorada até agora. Pensa em uma biblioteca voltada, não ao usuário, mas sim a demanda de informação dele. Biblioteconomia Inteligente tem esse nome, pois prevê a demanda com antecedência e atende com rapidez a necessidade. Um tipo de bibliotecário que planeja, pensa e age antecipadamente e que está na vanguarda da Ciência da Informação.

Lucas Rodrigues

terça-feira, 16 de junho de 2009

Anjo caído

Nesta manhã de céu nublado
Minha imaginação me dá asas
Dando-me a chance de voar
Pois a contemplar o céu
Um pássaro vi cruzar

O silêncio do vento
Machuca os ouvidos
Desse pobre sonhador
Que padece em busca do amor

Avermelhando o céu
Com sangue impuro
Que brota do meu coração
Cujo qual eu mesmo feri
Com a arma traição

Lágrimas caem do céu
Sou anjo caído que começa a chorar
Sem ser digno de teu perdão
Ajoelho-me então
E digo: ”Mata-me!”.

Lucas Rodrigues
(28/4/2002)

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Distorção

Algumas pessoas se sentem felizes por distorcer o que os outros falam. Algumas delas fazem para o seu proveito, outras simplesmente por serem “futriqueiras”, causadoras de intrigas. Hoje pela manhã, fui surpreendido por uma colega que gosto muito. Falou que estava magoada comigo por ter zombado dela... Sendo que nem fiz isso. De fato, esclareci as coisas. Porém, pessoas mal-intencionadas vão sempre existir, e vão sempre distorcer as coisas que falamos a fim de nos atingir. Felizmente, esse tipo de manobra não me atinge, pelo contrário, me faz rir perante tanta besteira. Distorcer o que falo, ou faço, é fácil... Difícil é distorcer a verdade.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Dia dos Namorados

Há coisa melhor que o Dia dos Namorados? Talvez somente o Natal... Diferentemente de qualquer outra data festiva, esse dia é uma celebração do amor, somente entre duas pessoas. Fico feliz por ter alguém que me faz feliz. Nesse início de inverno, é bom ter quem nos aqueça, que nos afague, que nos mime... Que esse fim de semana seja ótimo para todos. Para aqueles que ainda não encontraram a pessoa certa, aguardem, essa pessoa sempre parece, não importa o tempo que demore.

Lucas Rodrigues

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Fumaça de ônibus e cigarro

Muito se fala em má educação, mas fumar sob uma parada de ônibus em dia de chuva é o cúmulo! Não vejo problemas, quer fumar, fume... Mas bem longe de mim! Quer destruir a tua vida, vá em frente, mas não force os outros a compartilhar desse veneno. Por mim, proibiriam de fumar até na rua, assim não teríamos que suportar essas pessoas sem um pingo de respeito pelos outros.

Lucas Rodrigues

segunda-feira, 8 de junho de 2009

O ser autoritário

Uma pessoa que, através da força, faz prevalecer a sua opinião, é um ser autoritário. Àquele que as pessoas seguem por livre e espontânea vontade, é um líder. Porém, muitas pessoas acreditam que ser firme, incisivo e consciente de suas convicções, são sinais dos tiranos. Alguns me acusam disso... Ha, ha, ha, ha! “Príncipe Mimado” como alguns me chamam. Infelizmente, em um mundo de comunistas de botequim, e de pessoas que sequer conhecem a História, fica fácil acusar, julgar. Pessoas que “arrotam” Democracia e que no fundo, não passam de pessoas provincianas e que fortalecem uma Aristocracia besta e sem sentido. Faço minhas as palavras da minha colega Andressa: “Infeliz é o mundo em que sinceridade e opinião se tornaram falta de respeito; e o cinismo é o tipo mais refinado de boa educação”. Prefiro mil vezes ser aquele que é tachado por usar a “Coroa da Arrogância”, do que ser aquele que cruza os braços quando vê tudo desmoronar sobre sua cabeça... Quanto às “pedras” que encontro no caminho... Junto todas elas, pois é com elas que o “Príncipe Mimado” aqui irá construir o seu castelo.

Lucas Rodrigues

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Nostalgia

Hoje eu acordei nostálgico. Acredito que no fundo todos nós somos assim. Quem não sente saudades dos tempos áureos da infância, ou até mesmo da tórrida fase da adolescência. Sinceramente, não sei o que desencadeia essa vontade de voltar ao passado, rever os amigos (que hoje não têm tempo), sentir o cheiro de grama molhada na primavera ou comer aquele pão feito em casa pela avó. Pois é, não é possível retornar e viver isso novamente... Resta-nos viver o agora e aproveitar cada momento para que num futuro, próximo ou distante, passamos lembrar com carinho desta época e sentir nostalgia novamente.

Lucas Rodrigues

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Elipse

Ouvindo uma música triste começo a pensar...
Pensar em quanto tempo perdi...
E que ainda posso perder... Não é fácil!

A vida é alegre na maioria das vezes, embora os pessimistas achem que não.
Não sei como me expressar, mas querendo um dia ser o Rei da Expressão.
É muito complicado, porém é muito simples se soubermos viver.
Busque a felicidade e, com certeza, nunca irá doer.

O mundo gira, o rio flui, o som toca e o amor resiste.
É fato, não desiste!
Somos fortes até que nos provem o contrário.
Depois dos obstáculos depende de nós levantarmos e lutarmos.

Tristes podemos seguir, mas seguimos...
Sejamos fortes no ar, na terra, no mar...
Pois o mundo não parou de girar.

Nenhum amor, nenhum calor, nem colo de mãe.
A vida é nossa força, e é das tristezas dela que garantimos nosso vigor,
Nosso amor, nosso calor.
Tristezas são passageiras como a dor.
Assim, só nos resta amar, por que o mundo ainda não parou de girar...

Lucas Rodrigues
(28/10/2006)

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Disseminando mais que informação

Francamente, senhoras e senhores... Quem disse que Bibliotecário só estuda para fazer os outros calarem a boca e guardar livros em estantes? Quem disse que fazemos disciplinas de “Iniciação ao Shiu”, “Metodologia do Silêncio” ou “Aplicação de Frigidez em Bibliotecas”? Realmente quem pensa assim não imagina o quão diferentes podem ser os Bibliotecários e Bibliotecárias. Muito mais interessante seria dizer que aprendemos a ser o estereotipo sexual de muitos, embora nunca assumam. Foi se o tempo que o profissional da informação era um velho de gravata borboleta em um museu, ou talvez uma mulher velha com cabelo em coque, com uma cara amarrada, com a alma tão seca quanto às páginas de um livro. Isso não acontece mais, graças à “Dewey”*! Falo por mim e por meus colegas. Gente nova, bonita e, porque não, sensual... Afinal de contas, nós temos como dever disseminar a “informação”... Seja ela qual for.

Lucas Rodrigues

*Dewey: Criador do Código Decimal