quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Oito Sacos de Lixo

Já que estamos no embalo do Fórum Social Mundial, acho que podemos refletir sobre algumas coisas. Uma delas, foi a cena que me deparei essa tarde ao vir trabalhar. Estava chovendo forte quando eu olhei para o lado e vi uma velha senhora. Tinha idade para ser minha avó, com seus oitenta e poucos anos, contudo estava sob a chuva forte, com a expressão cansada. Ela carregava oito sacos gigantes, cheios com material reciclável. A idosa carregava quatro sacos até um ponto, os largava, e buscava os que ficavam para trás... Tudo isso na chuva! Já havia visto essa senhora antes, pois no inverno, quando eu estava indo cedo para aula, eu a via voltando carregada. Fico pensando o quanto esta mulher deve ter sofrido na vida dela. Mais uma dessas anônimas que nos fazem refletir. Impossível não compará-la: minha avó estaria em casa naquele horário, descansando após o almoço... Ou talvez se preparando para ir ao shopping tomar um sorvete... Como a diferença de classes sociais é gritante! O que mais me revolta não é o fato do Governo não fazer nada (garanto que nem sabe da existência dessa idosa), até porque acredito que faça. Contudo, ela também não é culpada por desconhecer os programas de ajuda do município, estado ou a nível federal. O maior problema é a falta de informação, a falta de alguém para instruir. Esse é o papel do Bibliotecário, é a sua pequena contribuição para a causa social.

Lucas Rodrigues

1 comentários:

Everbob disse...

Ti bunitoooooo!!! :P !!! Esse é meu bibliotecário!!!

Te amo!!

Postar um comentário