terça-feira, 9 de novembro de 2010

Youtube e Educação

É fato, o vídeo é um grande facilitador do aprendizado, uma vez que ele é atrativo e, de acordo com Moran (1995), o vídeo em sala de aula, na cabeça, dos alunos, é como lazer e não aula propriamente dita. O que impressiona é a forma como isso atrai o aluno para os assuntos didáticos abordados pelo o professor. Existem inúmeras vantagens no uso desse recuso midiático, uma delas é o fato que se requer pouco envolvimento e esforço por parte do receptor segundo Moran (1995). Entretanto isso não fará com que o professor se exima do processo de educativo, muito pelo contrário, pois ele deverá intervir e mediar as reações e às dúvidas dos alunos. Devemos nos dar conta que o vídeo não irá resolver todas as questões de aula, mas que pode ser um forte aliado na questão educativa. Devemos saber que o uso desse recurso “facilita a aproximação entre a realidade escolar e os interesses dos alunos” (DALLACOSTA; SOUZA; TAROUCO; FRANCO, SD). Já que estamos abordando os vídeos, fica quase imprescindível falarmos em YouTube. Este que foi criado, segundo Fortes (2006), por ex-funcionários do Steve Chen e Chad Hurley, em fevereiro de 2005. Seu objetivo era despretensioso, pois o YouTube serviria para postar vídeos de viagens, mas como sabemos ele acabou tomando proporções mundiais. Além do lazer, o YouTube tem sido usado para armazenar vídeos de natureza educacional, como vinha comentando. O YouTube EDU (http://www.youtube.com/education) é a seção direcionada a essa área. As vantagens de postar vídeos no site é que os alunos podem acessar de onde estiverem, desde que tenham acesso a WEB. Ao contrário do que acontecia antes com os vídeos, pois era necessário estar em uma biblioteca ou videoteca para ter acesso a eles. Atualmente, o aluno também pode comentar e tirar dúvidas no YouTube, favorecendo assim a interatividade, a interação e o desenvolvimento. Logo, conclui-se que os vídeos são importantes recursos de apoio à aprendizagem.

Lucas Rodrigues

DALLACOSTA, Adriana; SOUZA, Daniela Debastiani de; TAROUCO, Liane Margarida Rockenbach; FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. O Vídeo Digital e a Educação. UFRGS, SD.

FORTES, Débora. YouTube. Info, São Paulo, Ano 21, n.245 , p.33-35, ago. 2006.

MORAN, José Manuel. O vídeo na sala de aula. Comunicação & Educação, São Paulo, jan./abr. de 1995. Disponível em: . Acesso em: 14 out. 2010.

0 comentários:

Postar um comentário