sexta-feira, 7 de outubro de 2011

4º Encontro - 27/9 : Palestrante: Juliana Carvalho

Esta Disciplina de Tópicos de Acessibilidade tem dado o que falar. Estou gostando bastante, apesar de ter consciência de que falta muito para chegarmos a um ideal no que tange o acesso universal e inclusão de pessoas com necessidades especiais. A palestra da semana foi com Juliana Carvalho, e ela falou sobre pessoas com deficiências motoras e acessibilidade a locais públicos. De longe foi a melhor palestra até agora. Eu já a conhecia, pois havia visto uma reportagem dela no Fantástico, a mesma que ela reprisou na noite da palestra. Bastante jovial e muito animada, mostrou que não é pelo fato de estar em cadeira de rodas que ela iria se abster do mundo. Palavrões à parte (pois ela falava muitos deles), ela contou várias de suas histórias e situações envolvendo sexualidade e intimidade entre pessoas portadoras de deficiências motoras. Falou sobre seu livro, intitulado “Na Minha Cadeira ou na Sua” e apresentou até um filme que demonstrava como fazer determinadas posições sexuais sobre rodas. Achei bastante diferente e aprendi muito sobre o assunto. Uma das coisas que eu desconhecia era que pessoas paraplégicas e tetraplégicas faziam sexo. Acredito que isso parta de um preconceito, pois como Juliana mesmo disse: “as pessoas acham que a nós não temos libido, e isto não é verdade”. Mais curioso ainda foi saber que existem pessoas com taras em paraplégicos, tetraplégicos, mutilados e etc. A maioria das pessoas acharia estranho isso, como a palestrante mesmo disse, mas como ela mesma também mencionou “ainda bem que eles existem”. Claro que ela falou sobre acessibilidade em locais públicos, especialmente em motéis, e estes se mostraram totalmente despreparados. Clique e assista o Teaser do filme que é baseado no livro dela. Acho que essa aula que tivemos nesta noite serviu não só para me esclarecer assuntos, mais também para quebrar meus tabus.

Lucas Rodrigues

0 comentários:

Postar um comentário