sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Coração Desviado

Pessoas sofrem dos mais diversos males todos os dias. Uns tem enxaqueca, outros tem dores, outros ficam atrelados à cama. O mundo está cada vez mais estressante, onde tudo é para ontem e a alimentação é a menos apropriada, e é aí que aparecem as enfermidades. Hoje venho tornar público uma questão deste mérito. Algumas pessoas ainda não sabem, por isso decidi noticiar aqui no blog. Recentemente fiz exames que diagnosticaram um início de Hipertensão. Isso já é típico na minha família, assim como os problemas de coração. Isso é bastante preocupante, uma vez que o médico descobriu um desvio no meu coração. Este surgiu em função da forte pressão, que bombeia muito rápido o sangue através dos ventrículos e átrios, logo um desvio surgiu para dar vazão à forte corrente sanguínea. O impressionante é que cerca de 85% das pessoas da minha idade vão a óbito em função disso... Não preciso dizer mais nada não é mesmo... Minha mãe ficou bastante preocupada, pois este desvio não tem cura. Estou trabalhando na minha reeducação alimentar, cortando quase todo o sal, para assim diminuir a pressão arterial e minimizar os riscos. Não posso mais fazer exercícios de hipertrofia, como levantar muito peso e etc. Tento me manter bem, pois afinal sempre procuro ver o lado positivo das coisas, como ter uma alimentação mais saudável (já perdi 4 kg). Inclusive, também fiz piada quando descobri isso: “Claro, eu não poderia ter outro tipo de coração, senão um coração desVIADO!” (Risos). Sempre fui muito tranquilo com relação a isso. Se tiver que ser a minha hora, será... Acima de tudo, mantenho-me feliz pelas coisas boas possuo e pelas pessoas maravilhosas que tenho a meu lado.

Lucas Rodrigues

3 comentários:

Leonardo disse...

COMO ASSIM 15% DE CHANCES DE FICAR VIVO?! Que horror isso! E nem me falou nada naquele dia do almoço dos misters. Agora fiquei preocupado. :S Quero ajudar de alguma forma.

Beijo,
Léo

Lucas Rodrigues disse...

Não se preocupe, pois nem eu estou me preocupando. Estou me cuidando é claro e não falei no dia do almoço, pois não ia ser eu a acabar com o clima da recepção. Não estou precisando de ajuda, afinal de contas é só no coração o problema. XD O resto está tudo bem. :P

Leonardo disse...

Certo, mas se precisar de qualquer coisa é só dar um grito.

Léo

Postar um comentário