sexta-feira, 13 de abril de 2012

Quando os Pandas Choram


Quando se ama alguém, se deve amar de modo incondicional. Muitas vezes não conseguimos sustentar nosso amor por diversas razões. Uns não conseguem porque não são correspondidos, outros em função da distância, da falta de tempo, da falta de trato e etc. Pelo tom que uso nesta postagem, já se pode imaginar sobre o que venho falar: sim, terminei meu namoro. Muitos pode dizer: "De novo?". Entretanto, essa é a verdade. É claro que se fica triste com uma situação dessas, uma vez que se trata de amar uma pessoa e estar com ela por quase dois anos. Dói saber que não terei mais a companhia, carinhos e brincadeiras. O pior de tudo é saber que não se perde somente uma pessoa, se perde também todas as pessoas agregadas a ela: neste caso uma família ótima, que me acolheu de braços abertos e que, o único lamento que tenho, é de não poder mais fazer parte. É difícil terminar um relacionamento com essa duração, mas é necessário uma vez que algumas coisas já não funcionavam como antes e me deixavam tristes (e ainda me deixam), mas isso não vem ao caso agora. Só me resta agradecer por tudo, que as experiências obtidas de ambos os lados corroborem para a evolução de cada um. Cabe a vocês saberem que, com esse termino, agora não haverá mais lágrimas, todavia, não haverá mais sorrisos tão cedo.

Lucas Rodrigues

2 comentários:

Leonardo disse...

:O Espero que tu se recupere rápido! ;)

Beijo,
Léo

from light disse...

Busque apoio nos amigos, tu sempre nos ajudou, e nós te ajudamos agora, depois e enquanto respirarmos. A dor de uma separação... Só é superada com o alivio da amizade incondicional... estamos juntos panda...:)

Postar um comentário