domingo, 23 de dezembro de 2012

Em Chamas


Viciante! Essa é a palavra que descreve a trilogia dos Jogos Vorazes de Suzanne Collins. Acabei de ler o segundo volume da coleção: Em Chamas (Catching Fire). Um livro excelente, superando o primeiro, que já era bom. Essa segunda parte continua contando a história de Katniss Everdeen e Peeta Mellark após os Jogos Vorazes da autoritária Capital. Conta com é a sua vida no retorno ao Distrito 12 e como o presidente Snow faz de tudo para conter ameaça iniciada na região dos carvoeiros. Suzanne Collins faz a perfeita mistura entre uma história bem construída e envolvente, com uma critica ácida não somente a sociedade, mais também a desigualdade social. Ela acrescenta também um tom de revolução, romance e reality show e o resultado é fantástico. A personagem principal ainda não me cativa como eu gostaria, mas a minha antipatia por Katniss diminui neste trecho da história. Acho que as dúvidas dela e a falta de confiança nas pessoas, assim como a falta de senso e tato dela para lidar com as situações me incomodam. Entretanto, sou encantado com Peeta, que de longe é meu favorito. Me identifico muito com ele, adoro sua postura, seu amor incorrigível e inesgotável, seu caráter e sua facilidade com palavras, argumentos e capacidade de convencer as pessoas. Li este livro (de mais de 400 páginas) praticamente em um dia, e minha única tristeza é que ainda não tenho o último livro da trilogia. Leiam e tirem suas conclusões.

Lucas Rodrigues

0 comentários:

Postar um comentário